BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Red Rain



Ontem choveu e eu chorava também.

Havia demasiado bafio no ar.

A água era vermelha cor de sangue.

Sons de vapor misturado com manchas de memórias antigas.

Precisava de água. As nascentes secaram à beira da estrada perdida no desejo.

Um dia de chuva. Em desespero beijei a água que desabava sobre um corpo moribundo.

Gotas fêmeas de luxúria, sem dó continuaram a molhar-me por inteiro.



0 comentários: