BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

terça-feira, 11 de agosto de 2009

No colo do vento


Deito-me no colo do vento, aconchego-me e sulco o seu peito de mel, sossego a calma e a ânsia que à muito me aflige.

E na planície do jamais, caminho de mãos dadas com o fogo do teu corpo!

Perco-me na chama das tuas palavras, bebo a tua língua nas palavras de amor que me dás!

Salpicas-me a alma de manhãs de nevoeiro, que traça em mim êxtases fabulosos de céus murmurando em uníssono.

Carinhos e destinos traçados além!

Corro à desfilada no teu verbo,

Abraço o teu desejo,

Mas não te encontro... como nos meus húmidos sonhos.




1 comentários:

Carla disse...

Em primeiro lugar obrigada pelo comentário que deixou no meu blog...é muito bom saber que alguém entende a Poesia!
Depois quero felicitá-lo pelas palavras que escreve no seu, consegue transformá-las em sensações, doces sensações...
Muito obrigada pelo momento.
Eu vou estar por aqui...à procura da essência da vida!