BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Prémio Lobinho





Recebi o prémio Lobinho, do blogue http://tatuagens-carla.blogspot.com/ com muito agrado. Trata- se de um belo desafio. Obrigado Carla pelo carinho e distinção.

Aa regras são: nomear cinco blogs e responder a algumas perguntas.

Como sempre, não vou respeitar totalmente as regras por ser um belo desafio. Por esse motivo, quem quizer, é pegar e responder.
 
 
a) Tens medo de quê? Entre outros, arrepia-me pensar no eventual sofrimento que possa vir a ter até ao dia final.

b) Tens algum guilty pleasure? Não. Não gosto de estrangeirismos.

c) Farias alguma "loucura" por amor/amizade? Se considerarmos a entrega, a conivência, a cumplicidade plena sim, já fiz muita coisa louca por amor e tenciono continuar a fazer. Afinal o amor é louco, senão não faria sentido.

d) Qual o teu maior sonho? [Não vale responder Paz, Amor e Felicidade;)] Penso que tentar viver os meus sonhos sempre que possível de modo a encontrar a verdadeira felicidade.

e)Nos momentos de tristeza, abatimento, isolas-te ou preferes colo? (Não vale brincar) Nos momentos de tristeza isolo-me e escrevo até que doam os dedos.

f) Entre uma pessoa extrovertida e outra introvertida, qual seria a escolha abstracta? Dado que me considero uma pessoa introvertida, escolheria uma extrovertida. Os pólos atraem-se.

g) Sentes que te sentes bem na vida, ou há insatisfações para além do desejável? Quem ler os meus textos descobrirá facilmente.

h) Consideras-te mais crítico ou mais ponderado? (mesmo sabendo que há críticas ponderadas) Por norma sou ponderado e quando faço criticas tento que sejam construtivas. Não sei se consigo sempre esse objectivo.

i) Julgas-te impulsivo, de fazer filmes, paciente ou... (define o que te julgas no geral) Sou demasiado impulsivo, e demasiado sensível… reconheço. Talvez a conjugação de ambas provoquem a faísca.

j) Consegues desejar mal a alguém e eventualmente concretizar? (Responder com sinceridade) Nunca desejei mal a alguém e muito menos concretizar qualquer pensamento menos positivo.

k) Conténs-te publicamente em manifestações de afecto (abraçar, beijar, rir alto...). Em algumas situações sim tento conter-me, noutras sou o oposto.

l) Qual o lado mais acentuado? Orgulho ou teimosia? Talvez a teimosia me cubra melhor.

m) Casamentos homossexuais e/ou direito à adopção? Quanto ao casamento homossexual julgo que é uma opção e respeito. Quanto à adopção tenho uma opinião um pouco ambígua.

o) O número de visitas ou de comentários influencia o teu blogue? Obviamente que quem escreve para um blogue, gosta de sentir que a mensagem passou, que o lêem. Muita gente não o admite, mas sei que é importante para qualquer um de nós. Não significa com isso que viva obcecado com essa situação. Quem quer comenta, quem não quer não é obrigado a fazê-lo.

p) Na tua blogosfera pessoal e ideal, como seria ela? Um pouco diferente. Sei que num mundo como este, terá de existir de tudo, no entanto considero que se age um pouco por hipocrisia. Não obstante o ter conhecido e ainda vir certamente a conhecer gente maravilhosa, está patente muita inveja e hipocrisia. (Já fui algo de “ataques” que não tenho explicação para o facto)

q) Deviam haver encontros de bloguistas? Caso sim em que moldes e caso não porquê? Sim, porque não? O conhecer pessoas é a maior forma de enriquecimento do ser humano.

r) Sabes brincar contigo mesmo e rir com quem brinca contigo? (Não vale responder com ironias) Sim, rio muitas vezes de mim e gosto de rir com quem brinca comigo na verdadeira acepção da palavra.

s) Já agora, qual ou quais os teus principais defeitos? Teimoso, impulsivo sonhador demais e uma dose de ingenuidade entre outros…

t) E em que aspectos te elogiam e/ou achas ter potencialidades e mesmo orgulho nisso? A minha sensibilidade e humildade. Gosto de ajudar sempre quo o posso. A sinceridade que é uma das regras que me incutiram, mas que nem sempre é bem tolerada e compreendida.

u) Entre uma televisão, um computador e um telemóvel, o que escolherias? Um computador, porque poderia escrever, poderia contactar com pessoas e até divertir.

v) Elogias ou guardas para ti? Gosto de elogiar, embora por vezes guarde algumas coisas.

w) Tens a humildade suficiente para pedir desculpa sem ser indirectamente? Sim, peço sempre desculpa quando faço ou digo algo que não devia.

x) Consideras-te, grosso modo, uma pessoa sensível ou pragmática? Sou sensível demais, o coração vence sempre a minha parte racional o que por vezes me prejudica.

y) Perdoas com facilidade? Sim, no momento posso ficar bastante magoado, mas depois perdoo completamente, no entanto por vezes fica uma chaga que não sara.

z) Qual o teu maior pesadelo ou o que mais te preocupa?
A perda de valores morais da humanidade, o progresso desmedido que empurra o ser humano para segunda categoria, a instabilidade social a fome a guerra entre tantas coisas.


2 comentários:

Menina do cantinho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Su disse...

Interessante conhecer-te um pouco mais, Sonhador... E encaixar isto, como um puzzle, nos gentis comentários que fazes no Fio de Silêncio e nos posts inspiradores, inquietantes dos teus blogues... [Tivesse eu palavras adequadas para descrever mais vezes o efeito que eles têm em mim.]
Quanto a mim, estas descobertas, estes puzzles humanos são um dos desafios encantadores deste mundo dos blogues.
Obrigada!
Susana.