BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS »

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Verdade ou consequência?



Para que me queres?
Se rejeitas a minha simplicidade.
Para que elogias este meu olhar?
Se não pretendes olhar-me nos olhos.
De que me vale a voz doce?
Se não queres provar o sabor dos meus lábios.
De que me valem as palavras?
Se não me desejas ler ou escutar.
Para que tenho pensamentos maduros?
Se não os acatas tenros na sua essência.
Para que habito um corpo?
Se me escondo na sua sombra.
De que me vale ser sincero?
Se não confias na minha honra.
De que vale a espera?
Se a certeza não aguarda por mim.
De que vale ter uma casa?
Se apenas vivo entre escombros.
De que me vale amar?
Se nem eu me quero como sou.
De que me valem as promessas feitas?
Se o meu amor está mais longe que um santuário.
Para que me rogas para lutar?
Se no meu coração não existem campos de batalha.
Porque me acusas de querer audiências?
Se abomino os aplausos na ribalta.

Será verdade? Ou será apenas uma abominável consequência?

3 comentários:

Luz disse...

Um desabafo forte que reflecte um estado de espírito que vive uma "luta" consigo mesmo...
Mas será que neste sentimento aqui expresso o outro lado não sentirá de outra forma!?...
Creio que no fundo é tudo uma questão de se saberem ler, de se aceitarem mutuamente, quando nos aceitamos como somos e, também aceitamos o outro tal como é, tudo se torna mais simples, só há que evitar o complicar.
A verdade está aí, no entendimento e, no sentir que se sente e que se vê no olhar dos olhos que se olham com magia.

Um Beijo

milhita disse...

Engraçado o desencontro de palavras de quem se olha e parece não se ver.
Como às vezes, estamos tão perto de tão distantes?

"O essencial é invisivel aos olhos".

É bom saber que existem aqui, faces anónimas que me veem..
Um abraço

Rosy disse...

Assim timidamente encontro este lugar ilusório,
E me acomodo em seu espaço,
Repleto de paginas gastas por um pó magico,
Um pó capaz de nos levar ao mais intimo de cada palavra,
Sentindo nelas Meus Sentimentos sinceros,
E assim retribuir suas palavras de apreço em seu pousio!

Um beijo,
RoSy ;)